Sempre vou te amar   Leave a comment


 
Sempre vou te amar
 
Na chuva
Nas cheias
Na falta
Ou na seca!…
 
Rio que passa tranqüilo,
Que banha o meu bem querer
Jardim aonde eu venho,
Semear o meu ser.
 
Tanto amor brota das águas
E o querer germina assim,
Nas terras do coração,
Quando  estás junto a mim.
 
Calada, recebo,
Firme, mantenho,
Sem ti nada sou,
Sem teu amor, nada tenho.
 
Denise Figueiredo
“ IN Segredos”
 
 
Anúncios

Publicado setembro 14, 2009 por Denise Figueiredo em Poesias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

De Janeiro a Janeiro

by Mariana Alcântara

Espaço de Celina

Criação literária de Celina Bittencourt

Paulo Alexandre Henriques

Escritor e Poeta português

Gotasdepoesia's Blog

Just another WordPress.com weblog

%d blogueiros gostam disto: