Máscaras   2 comments


 

 

 

Máscaras

 

 

De camadas muito finas

Delicada faz pensar

Como um artista atina

Como faz para amar?

 

Cada qual um olhar

Todas apenas ilusão

Tira e põe com a própria mão

Esperando a vida  passar.

 

Em ferro ou barro,

O rosto vai escondendo…

Muito mais que a pele,

A alma vai envolvendo. 

 

Cria personagens,

Vive-os por um tempo.

Sofre quando há troca,

Surge sempre uma em tempo.

 

Queima, derrete e vai sofrendo.

Sofre mais quem está vendo,

Seu dono vai morrendo

Porque por fora, vai derretendo.

 

Derrete o exterior

Por um sentimento errado

Porque não há mais interior

Era paixão e não amor.

 

Máscaras do dia a dia,

Só as vive por  merecer

São muito mais que folia

São escolhas do viver.

 

Denise Figueiredo

 

 

 

Já inserido no Livro que será lançado no mes de abril de 2010.

Por Abrali Editores

Anúncios

Publicado janeiro 23, 2010 por Denise Figueiredo em Cirandas & Coletâneas

2 Respostas para “Máscaras

Assinar os comentários com RSS.

  1. Bom dia querida Denise,Bem vinda às 4 Estações DirectoryGratas de poder contar com a participação de tão talentosa escritoraConfirmo a tua inscrição na categoria texto do Concurso MáscarasParabéns , belissimo textoBom fim de semana4 Estações Directory

  2. É talvez o último dia da minha vida.É talvez o último dia da minha vida.Saudei o Sol, levantando a mão direita,Mas não o saudei, dizendo-lhe adeus,Fiz sinal de gostar de o ver antes: mais nada. Alberto CaeiroMÁSCARAS, QUEM NÃO AS TEM….QUANTAS VEZES O NOSSO CORAÇÃO CHORA, CHORA E NOSSO ROSTO ESTÁ SORRINDO.BEIJOS E PARABÉNS POR TUAS GOTAS DE POESIA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

De Janeiro a Janeiro

by Mariana Alcântara

Espaço de Celina

Criação literária de Celina Bittencourt

Paulo Alexandre Henriques

Escritor e Poeta português

Gotasdepoesia's Blog

Just another WordPress.com weblog

%d blogueiros gostam disto: