Crime Perfeito   6 comments


Crime Perfeito

 

Do que adiantou eu te amar,

E dar-te sem reservas o meu coração

Onde mora o verbo dar?….

Tudo pura ilusão!…

 

Até as estradas precisam

De suas idas e vindas.

Nossas almas por suposto

Recebem as lágrimas do rosto

Que deixam respingos ou jorram

O que do coração veio a sobrar.

 

As veias que levam o sangue

Doem…Ele não pode passar.

No fluxo há um sonho

Que impede a vida de andar.

 

Explodes o sangue ou o sonho?

Qual o crime tu preferes,

Com o garbo que escreves,

Contar a quem te encontrar?

 

Denise Figueiredo

Extraído do livro

” Meus Sonhos”

© 2010


Anúncios

Publicado fevereiro 22, 2010 por Denise Figueiredo em Poesias

6 Respostas para “Crime Perfeito

Assinar os comentários com RSS.

  1. então…a vida é feita de milhentos crimes perfeitos…!:-)Beijo grande

  2. HEHEHE, PERFEITO, PERFEITÍSSIMO!!! Há somente um álibi para este crime:A esperança, dos que têm olhos e ouvidos para ver e ouvir.O resto, é detalhe que o tempo leva…Beijos e uma linda e inspirada semana pra ti!

  3. Boa Noite, linda Contadora de EmoçõesGosto de ti Denise e encanto-me com cada post teu, obrigadaBjsPara ti um miminho:http://i50.tinypic.com/2lky0wn.jpg

  4. ei linda..quero ler seu livro"MEUS SONHOS"…..amei seus versos….abraços mil

  5. Caros Amigos!Chegou a hora de conferir os resultados da Ciranda Poética:“ O Desassossego do Poeta”Venha conhecer os vencedores e todos os participantes!http://cirandapoetica.spaces.live.com/Saudações Cordiais“Rascunhos & Sentimentos”

  6. Flor de laranjeira…Laranjais floridos, fonte de rica inspiração,Trescalos de eflúvios, espetáculo colossal,Cores alvas, quais crianças em comunhão,Flor da laranjeira, a mais olorosa do floralAdorno dos anjos, festival de uma criação,Paisagem redolente, uma sinfonia divinalMeus florais amores… a minha adimiração,A arte de cultivar flores não foi ato casualSublime é sua corola, princesa da perfeição,Sem o acanáceo, tens a leveza do magistral,Das tantas pétalas caídas, és tu veneração;Os teus rebentos são de progênie natural.Frutos teus que dão saporífera degustação,Bendita seja a árvore da flor do laranjal!*Autor desconhecido

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

De Janeiro a Janeiro

by Mariana Alcântara

Espaço de Celina

Criação literária de Celina Bittencourt

Paulo Alexandre Henriques

Escritor e Poeta português

Gotasdepoesia's Blog

Just another WordPress.com weblog

%d blogueiros gostam disto: