Sentimento Irresistível   1 comment


 

Sentimento Irresitível 

 

 

 

Longe de ti sempre estive

Não te busquei e te achei

Se desse amor me contive,

Foi por ele que sonhei.

 

Os teus olhos, eu nunca vi!…

Nem tua face, eu contemplei!…

Mas em tua voz eu senti,

É o ser que sempre amei.

 

Sou flor de um jardineiro,

Que essa flor desenhou.

Não a comprou por dinheiro,

Mas pelo muito que amou.

 

Sentimento irresistível!…

Por todos ditos impossível,

Que a linha do tempo enganou,

E que ao nosso amor prosperou.

 

Denise Figueiredo

Do livro

Aná & Katá

© 2010

 

 

 

 

Sentimiento irresistible 

 

Lejos de que siempre ha sido

No se buscó y encontró que

Si este amor me contuve,

Fue él quien soñaba.

 

 

Tus ojos, nunca he visto! …

¿No es su cara, veo …

Pero su voz me sentía,

Es el ser que siempre amó.

 

 

Yo soy un jardinero de flores,

Lo que atrajo a esta flor.

No comprado por dinero,

Pero en ese muy querido.

 

 

Sentirse irresistible! …

Para todos, dijo imposible,

Que la línea de tiempo equivocado,

Y que nuestro amor floreció. 

 

Denise Figueiredo

Libro

Aná y Kata

© 2010

 

 

Anúncios

Publicado abril 14, 2010 por Denise Figueiredo em Poesias

Uma resposta para “Sentimento Irresistível

Assinar os comentários com RSS.

  1. ჱﻶﻉ»—«ﻶﻉჱﻶﻉ» Maravilhosa semanaBeijinhos da ……………………………(¯`°v°´¯)……………………………..(_.^._)Céu»ﻶﻉჱﻶﻉ»—«ﻶﻉჱﻶﻉ» POR MOTIVOS PROFISSIONAIS ESTAREITEMPORARIAMENTE AUSENTE!VOLTAREI!Para ti:http://i43.tinypic.com/30ix4aq.jpg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

De Janeiro a Janeiro

by Mariana Alcântara

Espaço de Celina

Criação literária de Celina Bittencourt

Paulo Alexandre Henriques

Escritor e Poeta português

Gotasdepoesia's Blog

Just another WordPress.com weblog

%d blogueiros gostam disto: