O AMOR É UMA TÁBUA NO MAR   Leave a comment


O amor é uma tábua no mar
Salva a alma que morre
E leva seu corpo a cantar.
Denise Figueiredo
Divagando
©2010
El amor es una tabla en el mar
Guarda el alma muere
Y tomar su cuerpo para cantar.
Denise Figueiredo
Laberíntico
© 2010
L’amour est une planche dans la mer
Enregistre l’âme meurt
Et prenez votre corps à chanter.
Denise Figueiredo
Randonnée
© 2010
Love is a plank in the sea
Saves the soul dies
And take your body to sing.
Denise Figueiredo
Rambling
© 2010
L’amore è una tavola in mare
Consente di salvare l’anima muore
E prendere il tuo corpo a cantare.
Denise Figueiredo
Vagante
© 2010
Anúncios

Publicado setembro 3, 2010 por Denise Figueiredo em Poesias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

De Janeiro a Janeiro

by Mariana Alcântara

Espaço de Celina

Criação literária de Celina Bittencourt

Paulo Alexandre Henriques

Escritor e Poeta português

Gotasdepoesia's Blog

Just another WordPress.com weblog

%d blogueiros gostam disto: